Comunicação e Política

Terça, 11 de Junho de 2019

 

6 a 7 de Dezembro de 2018

 

Coordenadora: Paula Espírito Santo (ISCSP, Universidade de Lisboa)
email: paulaes@iscsp.ulisboa.pt

Coordenador-adjunto: Ricardo Morais (Universidade da Beira Interior/Labcom) 
Visão geral: O GT de Comunicação Política tem como objectivo central a dinamização e promoção da investigação e discussão nas áreas da Comunicação e da Política, através da partilha de saberes interdisciplinares em torno destes domínios do saber. 

No plano institucional e tendo em conta as redes interinstitucionais que se têm gerado em torno dos Congressos da SOPCOM e deste GT, pretende-se continuar a investir na promoção de um olhar e de discussões que captem quer a diversidade regional, a nível nacional, quer o interesse de investigadores no plano internacional. 

Dentro do enquadramento e visão geral para o GT pretende-se ainda continuar a apostar na projecção académica, e também pública, dos trabalhos produzidos no GT, no plano da investigação sobre as temáticas da Comunicação e Política.   

O GT de Comunicação e Política, nas pessoas da Coordenadora (Professora Paula do Espírito Santo) e Coordenador-adjunto (Professor Ricardo Morais), renova os votos de Bom Trabalho a todos os investigadores membros do GT, e acolhe com um voto de Boas-vindas todos os novos colegas que se nos queiram associar! 

Juntos vamos continuar a trabalhar, e a projetar mais longe as nossas ideias e trabalho! 

 Obrigada a todos!

Breve história

O GT de Comunicação e Política da SOPCOM constituiu-se, em 2007, por iniciativa do Professor João Carlos Correia, da Universidade da Beira Interior (UBI), que, em torno de si, juntou um grupo de investigadores de várias instituições nacionais e estrangeiras, nestas últimas incluindo número apreciável de investigadores de instituições universitárias brasileiras. 

Durante vários anos, o GT teve como equipa dinamizadora o Professor João Carlos Correia (Coordenador), O Professor Gil Baptista Ferreira (Coordenador-adjunto) e a Professora Paula do Espírito Santo (Coordenadora-adjunta). 

O Grupo de Trabalho de Comunicação e Política da Sopcom tem uma forte tradição enraizada nesta associação em termos de publicações e organização de congressos.

Ao longo dos anos da sua existência, e em resultado direto de Encontros e Congressos associados ao GT, produziram-se edições conjuntas e livros, para além de textos no decurso da investigação apresentada nos Encontros do GT e nos Congressos regulares da SOPCOM. 

A sublinhar que dos vários Encontros realizados e dos Congressos da SOPCOM resultou trabalho, não só no referido plano editorial, mas também e, sobretudo, a nível do estreitamento de laços institucionais e partilhas de saberes que ficam para a posteridade.

Objectivos do GT

Objectivos  
1. Estreitar laços de comunicação entre os membros do GT, através de comunicação regular sobre iniciativas de interesse para o GT.     
2. Contribuir para o aprofundamento da massa crítica em torno da discussão das matérias da Comunicação e Política, através nomeadamente também do aumento do número de membros do GT e do acolhimento das suas propostas e dos seus trabalhos.    
3. Concretizar Encontros do GT para além dos momentos/anos dos Congressos regulares da SOPCOM.     
4. Concretizar iniciativas de publicação em livros ou edições especiais, de preferência em editores ou revistas indexadas.     
5. Concretização de iniciativas de proposta de projectos, financiados quer a nível nacional (ex. FCT), quer, se se proporcionar a nível internacional, e/ou ainda de iniciativas de projectos não financiados.     
6. Projectar o trabalho do GT em termos nacionais e internacionais, através da divulgação das iniciativas e trabalhos realizados

Plano de Atividades (2019-2021)

Plano de Atividades 
1. Concretização de acções, com divulgação via SOPCOM, preferencialmente, de promoção dos objectivos do GT, com vista à entrada de novos membros, e ao desenvolvimento de projectos de trabalho conjunto.
2. Concretização de, pelo menos 1 a 2 Encontros, além do Congresso da SOPCOM. 
3. Contribuir para a promoção da publicação e investigação académica e científica nos domínios da comunicação política

Publicações (mais recentes)

(Página em atualização)

Capítulos de livros

2019

Correia, J.C (2017), Redes e democracia: uma abordagem teórica das redes e do ativismo, in Isabel Babo, José Bragança de Miranda, Manuel José Damásio e Massimo Di Felice (org.), Netativismo, Lisboa, edições universitárias lusófonas. (Networks and democracy: a theoretical approach to networks and activism)

Espirito Santo, P. & R. Figueiras, (2019). “Populism and the media factor: The Portuguese case in a European comparative perspective”, in E. Hidalgo TenorioM.-A. Benitez-CastroF. De Cesare (ed.). Populist Discourses - Critical Approaches to Contemporary Politics. London: Routledge.

https://www.routledge.com/Populist-Discourse-Critical-Approaches-to-Contemporary-Politics/Tenorio-Benitez-Castro-Cesare/p/book/9781138541481

Sousa, J., Reis, B., & Morais, R. (2019) “Facebook e mobilização cívica em tempos de Troika”. in P. Lopes, & B. Reis (Eds.). Comunicação digital: media, práticas e consumos. Lisboa: Portugal: NIP-C@M & UAL.2018

Espirito Santo, P. (2018b), “Eleitores-emigrantes e voto: cidadania e nacionalidade na CPLP, em perspetiva comparada”, in Sónia Sebastião (Ed.). Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa – A afirmação global das culturas de expressão Portuguesa. Cidadania Lusófona. Vol. II. Lisboa: ISCSP, pp. 141-164.

Espirito Santo, P. (2018a), “Sistema político e processos eleitorais: as sondagens e os media”, in M. C. Patrão Neves, A. Costa Pinto, L. Sousa (Ed.). Ética Aplicada – Política. Lisboa: Edições 70, pp. 319-334.

Tellería, A. S., Correia, J. C. & Rocha, H. C. L. (2017).  Structural Crises of Meaning and New Technologies. Reframing the Public and the Private in the News Media through the Expansion of Voices by Social Networks. In A. S. Tellería (Ed.) Between the Public and Private in Mobile Communication (324-343), New York: Routledge, Taylor & Francis Group.

 

Artigos

2019

Correia, J. C., Jerónimo, P. & Gradim, A. (2019 – no prelo). Fake News: emoção, crença e razão partilhada seletiva em contextos de proximidade. Brazilian Journalism Research, 15 (3), pp. ???. (no prelo)

Correia, J, C. (2019) A desinformação como Estratégia Política dos Populismos nas Eleições e no Debate Publico. In Estudos em Jornalismo e Mídia (EJM), v. 16, n. 2, 201

Espírito Santo, P. & Lopes, F., (2019). "Marcelo Rebelo de Sousa, a popular president who has all the media coverage - Content analysis of the press (2016-2018)", Obs. Dezembro de 2019 (volume 13, número 4).

Lopes, F. & Espírito Santo, P. (2019). “Quando um Presidente da República vive no limite do semipresidencialismo”. Estudos em Comunicaçãonº 28, vol. 1 (may 2019), 237-258.

 

2018

Espírito Santo, P., Lisi, M. & Ferreira Costa, B. (2018). “Membership and Activism in a New Democracy: Evidence from the Portuguese Case”. DADOS – Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, vol. 61, no 4, 2018, pp. 467-497.

Correia, J. C. (2018). Apresentação: Patologias e disfunções da democracia em contexto mediático I. Estudos em Comunicação no 26, vol. 2, pp. 1-5. Disponível em [url] http://ojs.labcom-ifp.ubi.pt/index.php/ec/article/view/450

Rocha, H. C. L., Correia, J. C. & Tellería, A. S. (2017). Esferas públicas, intelectuais e mídia: inclusão e exclusão social nas teorias da democracia. Revista Eptic,  vol. 19, nº 1, jan-abr 2017. Disponível em [url] https://seer.ufs.br/index.php/eptic/article/view/6361

 

 

Organização de Encontros e Conferências (mais recentes)

 

  • Conferência Jornalismo Político em Portugal, Lisboa, Assembleia da  República, 11 de Junho de 2019 (Organização conjunta com Rita Figueiras, Filipe Resende, Raquel Trindade, Universidade Católica Portuguesa).
  • Conferencia Política da Imagem e Imagem do Poder – Desafios da Política de Proximidade, ISCSP - SOPCOM, Lisboa, ISCSP, Universidade de Lisboa, 11 Maio de 2018.
  • II Conferência Internacional Patologias e Disfunções da Democracia em Contexto Mediático, Universidade da Beira Interior, 12 a 14 de Novembro de 2018.
  • I Conferência Internacional Patologias e Disfunções da Democracia em Contexto Mediático, Universidade da Beira Interior, 26 e 25 de Outubro de 2017.

 

Áreas de interesse do GT

Entre as áreas de interesse privilegiadas pelo GT contam-se:

 

a)    Comunicação eleitoral

b)    Novos movimentos sociais e de contestação politica

c)    Opinião Pública e Teoria dos Efeitos

d)    Representações de personalidade de instituições políticas

e)    Novos media e movimentos sociais

f)     Questões e problemas da participação na era digital

g) Teoria Política na Era Digital: questões epistemológicas, teóricas e metodológicas